x
    QNM 18, Conjunto D, Casa 06. Ceilândia, Brasília - DF. ( Rua da ZAPATOS)   atendimento@centroradiologicoceilandia.com.br
Medical-Link Template
  • (61) 3371-6464 / 3039-1447 / 9 81196681 (WHATSAPP)

Ecografia Gestacional

Definição:

Consiste na movimentação de um transdutor recoberto por gel sobre o abdome e pelve de uma gestante, havendo emissão e detecção de ondas de ultra-som que são transformadas em imagem e transmitidas em um monitor. É possível a visualização do feto e dos órgãos pélvicos femininos durante a gestação. Pode ser feita por via abdominal ou transvaginal.

Riscos:

Não há riscos para a gestante e o feto, já que não é utilizada radiação ionizante.

Para que serve:

É um exame feito de rotina durante a gestação para rastreamento, mas que também deve ser feito na suspeita de anormalidades. No primeiro trimestre de gravidez suas finalidades são: confirmar uma gestação normal; avaliar a idade gestacional; averiguar a presença de gêmeos, anormalidades ou risco potencial de aborto; avaliar o coração fetal; e identificar anomalias da placenta, útero e outras estruturas pélvicas. No segundo e terceiro trimestres de gravidez, sua utilidade consiste em: avaliar a idade gestacional, assim como seu crescimento, posição e, às vezes, sexo; identificar algum problema de desenvolvimento; e avaliar a placenta, líqüido amniótico e estruturas remanescentes da pelve. Alguns centros indicam a realização de ultra-sonografia entre 13 e 14 semanas de gestação para procurar riscos de síndrome de Down ou outras anomalias do desenvolvimento fetal. O número total de ultra-sonografias feitas durante a gestação varia conforme a detecção de alterações em exames de imagem ou de sangue anteriores.